A minha salvação

quinta-feira, novembro 27, 2014 Ariadne 2 Comments

Depois das aulas de equitação fico completamente irritada na zona pélvica. Agora já nem tanto, mas as primeiras vezes a fazer trote eram horríveis! Chegar a casa e sentir o ardor na zona vulvar, doer só de andar, e não se fala na altura de ir à casa de banho; nunca tive uma infeção urinária, mas conheço perfeitamente a sensação.

Ora, o que fazer para aplacar esta sensação horrível? Parar as aulas estava fora de questão. Tinha de arranjar algo adequado para a zona vulvar, porque é uma zona com características específicas e que facilmente fica com infeções.

Há uns bons meses tive uma formação da ISDIN, uma marca espanhola exclusivamente vendida em farmácias. Já tinha o protetor solar e gostava bastante. Além do mais, o antiestrias desta marca é muito apreciado por grávidas e mulheres que estão a perder peso, para evitar a formação de estrias.
Na farmácia tinha umas amostras deste Hidratante V.V. e decidi experimentar, tendo em conta o que tinha aprendido na formação.

"Este creme ajuda a aliviar o prurido e a hidratar a zona vulvar. Proporciona um efeito de barreira prolongado contra as irritações provocadas por fricção do epitélio vulvar, protegendo-o dos problemas habituais de secura, irritação ou prurido. Tem na sua composição um anti-inflamatório natural. Conta com uma cosmeticidade excelente e uma tolerabilidade elevada. Produto testado ginecologicamente."

São recomendadas duas aplicações por dia, uma de manhã e outra ao deitar, mas no dia das minhas aulas de equitação, eu colocava/coloco, sensivelmente, 4 a 5 vezes ao dia; depende do grau de irritação.
A irritação provocada pela fricção na sela começou a passar mais depressa quando comecei a aplicar este creme. Ainda tenho apenas amostras, mas vou investir numa embalagem este mês. Apesar de ter somente 30g, é um creme que dura muito, assim como os restantes produtos da ISDIN; como são necessárias apenas pequenas quantidades para se sentir o efeito, as embalagens pequenas duram muito e são bastante práticas de transportar.

O que é a Secura Vulvovaginal
"O epitélio vulvovaginal tem de ser elástico e manter um bom nível de hidratação. Pelo contrário, uma falta de lubrificação conduz a uma secura vaginal que pode produzir prurido, ardor, irritação e desconforto, bem como uma maior propensão para infeções vaginais e dores nas relações sexuais. Existem determinados hábitos que favorecem a secura vulvovaginal, tais como a utilização de tampões, a roupa justa ou sintética, produtos de higiene inadequados, ou determinados medicamentos como os anticontracetivos. Também as situações por que passa a mulher ao longo da sua vida, tais como a gravidez, o pós-parto, a lactância, a menopausa, ou incluindo o próprio ciclo menstrual, podem provocar secura vulvovaginal devido às alterações hormonais.
As insfeções vaginais podem também ter uma repercussão negativa no epitélio vaginal e desencadear secura vulvovaginal.

Prevenção e Tratamento
A hidratação e uma boa higiene íntima são aspetos chave na prevenção e tratamento da secura vulvovaginal. Manter a mucosa vaginal em condições ótimas ajuda também a evitar infeções vaginais.
É recomendada a utilização de produtos tópicos específicos com ingredientes que atuem minimizando os sintomas característicos da secura vulvovaginal."

2 comentários :

  1. r: eu gostei muito :) não me dói nada mesmo e aqui é super barato! Mas se me pedires para explicar também não te sei explicar como funciona xD

    ResponderEliminar

Partilhem a vossa história comigo. Todos os comentários serão respondidos nesta página, por isso toca de selecionar a opção "Notificar-me" no cantinho direito ;)