"O que te motiva?"

quinta-feira, março 05, 2015 Ariadne 1 Comments

Escrever uma carta de motivação/apresentação é das coisas mais difíceis que já fiz. As primeiras vezes custam muito. 

Lê-se muito sobre o assunto, como a carta deve ser escrita, o que deve conter, qual o seu comprimento, o que não deve mesmo estar incluído. Numa página, mais concretamente em quatro parágrafos no máximo, deve estar informação suficiente para nos distinguirmos de outros candidatos e conseguirmos, pelo menos, uma entrevista. Temos de mostrar conhecimento sobre a empresa a que nos estamos a candidatar e temos de nos vender - marketing pessoal. Uma carta de motivação/apresentação não pode ser igual para duas empresas, o que dificulta ainda mais o processo.
Aliada a um bom currículo (que, descobri recentemente, não pode seguir o modelo do Europass, a não ser que seja pedido), a carta de motivação/apresentação pode ser o passe para estarmos mais perto de conseguir aquele emprego, ou pelo menos sermos chamados para uma entrevista.
Há tanta informação sobre este assunto e alguma é contraditória. Aqui já entra um pouco a intuição e confiança de que estamos a fazer (minimamente) bem. Deve-se incluir os contactos, e evitar dar erros ortográficos (óbvio!).

O seguinte site ajudou-me muito na compilação de uma carta de motivação/apresentação que considero estar minimamente decente. 

Dantes demorava duas horas a escrever uma carta, agora demoro 45min no máximo; a prática ajuda.


INSTAGRAM     |     BLOGLOVIN

1 comentário :

  1. Eu nunca tive muito jeito para uma carta de motivação, mas envio sempre!

    ResponderEliminar

Partilhem a vossa história comigo. Todos os comentários serão respondidos nesta página, por isso toca de selecionar a opção "Notificar-me" no cantinho direito ;)