Nervos

sábado, maio 30, 2015 Ariadne 1 Comments

Há mil e uma coisas que podem correr mal, mas só há uma que podemos controlar: a nossa reação aos acontecimentos. Hoje tive um mini ataque de pânico e tenho receio de voltar ao que aconteceu há quase três anos. Eu já passei por isso, portanto sei que tenho de me controlar para não me deixar ir abaixo, porque não é mau apenas para mim, mas também para aqueles que estão em meu redor. Bem me lembro do sofrimento da minha mãe por me ver naquele estado de pânico constante, do D* (coitado que também estava doente na altura) não saber o que podia fazer para me aliviar, da minha irmã com um bebé de meses sentir que não me podia dar mais apoio.
A minha salvação não foram os medicamentos; a minha salvação foi a minha mãe e irmã, o D*, a minha Mi e o Fon, que estiveram comigo e me deram o máximo de apoio possível, quando eu tentava manter-me à tona e a esconder do mundo o que se passava.
Não quero e não vou voltar a essa fase. O que tiver de vir, virá e lidarei da melhor forma que conseguir. O pânico não vence.

1 comentário :

  1. Tenta não deixar que ele assuma proporções maiores... é o início de uma viagem sem controlo :( Depois de quase um ano sem medicação estou ainda a aprender a viver com ele e não está a ser nada fácil. Há 15 anos que me atormenta e começo a ficar sem paciência!
    Beijinhos

    ResponderEliminar

Partilhem a vossa história comigo. Todos os comentários serão respondidos nesta página, por isso toca de selecionar a opção "Notificar-me" no cantinho direito ;)