Cúmplice

domingo, agosto 02, 2015 Ariadne 2 Comments

Aí há dias tivemos uma situação chata.
A minha colega chega perto de mim e diz-me: "Viste algum senhor sem t-shirt aí do teu lado?". Respondi-lhe que sim, ao que ela continua: "O senhor que estou a atender agora diz que, quando foste lá dentro buscar os medicamentos, esse indivíduo roubou uma caixa e foi-se embora".
Ora, vamos lá analisar a situação: há um roubo e quem assistiu ao roubo esperou não sei quanto tempo para o denunciar? Mas o que é que podíamos fazer depois? A pessoa já tinha fugido há uns bons dez minutos.
Aqui a culpa não está apenas no perpetrador do crime, mas também naquele que assistiu passivamente e não fez nada para impedir ou denunciar no momento.

2 comentários :

  1. A sério? Às vezes acho que os teus colegas de trabalho não são normais... -.-
    Enfim!

    Beijinho*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O problema não é a minha colega, porque ela também não podia fazer nada, mas sim o cliente que viu tudo a acontecer e esperou que o culpado fugisse para o denunciar

      Eliminar

Partilhem a vossa história comigo. Todos os comentários serão respondidos nesta página, por isso toca de selecionar a opção "Notificar-me" no cantinho direito ;)