Organizar o roupeiro

quinta-feira, novembro 19, 2015 Ariadne 1 Comments


O meu roupeiro andava um caos e depois de ver um vídeo de uma youtuber sobre o 'capsule wardrobe' dela (explico mais abaixo o que é isto), senti-me inspirada para dar uma volta às minhas roupas, decidir com o que queria ficar, e doar o que já andava a adiar e simplesmente não vestia.


Na foto à esquerda temos o antes e à direita temos o depois. O roupeiro estava um pouco mais desarrumado do que é habitual, porque a sra dona minha gata fez questão de me atirar os pijamas para o chão, e de manhã apanhei-os e coloquei-os em monte.
Aproveitei umas quantas caixas de sapatos vazias para colocar meias e collants e blusas de alças de licra. Arrumei numa caixa grande roupa de verão que sei que já não vou usar, embora ainda tenha deixado muita de fora porque está calor. Mudei os casacos de zona e reaproveitei espaço nas gavetas.

How To Make a Capsule Wardrobe | ViviannaDoesMakeup

Este é o vídeo de que vos falei. Fala sobre como fazer um roupeiro minimalista; o dela tem apenas 36 peças, mas a ideia não é ter apenas este número, mas sim um número que nós definamos para nos mantermos a ele e não andarmos a comprar roupa que não precisamos. Além do mais, ajuda a arranjar espaço por não nos agarrarmos àquelas peças que simplesmente já não usamos, mas por qualquer razão nossa continuamos a mantê-las no nosso roupeiro. Coloquei muita roupa para doar com o seguinte critério: não a usei por duas estações seguidas. É roupa que continua boa, mas se eu não a uso, há certamente outras pessoas que farão bom uso delas.

Não sei propriamente fazer a tradução de 'capsule wardrobe', mas é um termo inventado por Susie Faux, dona de uma boutique em Londres nos anos 70, e descreve um guarda roupa minimalista, apenas com os itens essenciais que não sairão de moda (como saias, calções, vestidos, casacos, sapatos) que podem ser combinados com outros itens próprios da estação onde nos encontramos.
Para se conseguir um 'capsule wardrobe' funcional é necessário ter em conta algumas orientações:
» Escolher um esquema de cores. Isto significa ter uma ou duas cores base, como preto/branco/cinzento/castanho/azul marinho, e tentar ter casacos, calças ou malas destas cores para que possam combinar com tudo. Depois de ter uma cor base, escolhe-se uma ou duas cores de destaque para combinar com as cores bases, que podem estar presentes em blusas, vestidos ou acessórios
» Ter em conta o tipo de corpo. Para manter uma peça no roupeiro, essa peça deve sempre favorecer o tipo de corpo de quem a veste.
» Ter em conta o tom de pele. Tal como acontece com cortes de roupas, algumas cores favorecem mais que outras, tanto para o tom de pele e como para a forma do corpo. Se as cores forem bem escolhidas, os itens são mais susceptíveis de serem mantidos.
» Escolher tecidos de alta qualidade. Como a ideia de um 'capsule wardrobe' é possuir algumas peças de roupa que podem ser usadas de diferentes maneiras, as peças individuais vão sofrer um maior desgaste. Portanto, é uma boa ideia escolher a roupa que é bem feita e continua bonita, apesar do desgaste.

1 comentário :

Partilhem a vossa história comigo. Todos os comentários serão respondidos nesta página, por isso toca de selecionar a opção "Notificar-me" no cantinho direito ;)