Pobreza na velhice

quarta-feira, novembro 18, 2015 Ariadne 1 Comments

Se há coisa que eu tenho muito receio é de chegar a velha, com incapacidades físicas e financeiras. Apesar de não ser dos piores, o nosso país é muito mau para os velhos. A sociedade não tem consideração, não ajuda (se bem que em comunidades pequenas até se vê o contrário), vê os velhos como descartáveis e/ou incapazes de realizar seja que tarefas. A vida para os velhos também não é barata: são dezenas de euros em medicamentos, em consultas médicas, em fisioterapias, em ajudantes para a casa, em lares (os que tiverem a sorte de conseguir pagar um lar; quantos não são os que estão sozinhos em casa, sem qualquer ajuda, mesmo da família). As reformas são pequenas, as despesas (especialmente as de saúde) são grandes, a solidão está sempre à espreita, a mobilidade e independência são cada vez menores.
Este país não é para velhos.

1 comentário :

  1. Cá está um texto que me deu gosto ler, mas doeu por de facto ser verdade

    ResponderEliminar

Partilhem a vossa história comigo. Todos os comentários serão respondidos nesta página, por isso toca de selecionar a opção "Notificar-me" no cantinho direito ;)